Image Map

28/03/2020

A lei do retorno não falha



É, eu sei. Está difícil, não é?

Complicado olhar para trás e perceber que não foi por falta de chances que ela te virou as costas e do seu nome faz careta ao lembrar, o tanto de vezes que ela tentou e se frustrou não estão escritas. Só ela sabe como foi cansativo respeitar a personalidade passiva  que ela tem e investir cegamente em você mesmo quando, você dava motivos de sobra para ela cair na real e ver que nessa aposta de quem desistia primeiro por excesso de cansaço, tadinha, ela iria perder. O troféu decepção foi dela. Mas hoje o solidão, é seu.

Você fez por onde cada negativa que hoje parte dela para você. Todas as mensagens ignoradas, os inúmeros números bloqueados, as fotos excluídas e toda vez que ela atravessa a calçada da rua para não encontrar com você. Você virou aquele que ela sente repulsa ao ver, que estremece as pernas dela mas não de forma positiva, ela tomou pavor de você, o seu sorriso ela não procura encontrar em mais ninguém, o seu perfume? Ah, esse aí ela prefere nunca mais sentir.

O seu estilo de vida,suas roupas e músicas preferidas são as que ela mais odeia. Resumindo, você é uma lembrança que ela fez questão de apagar. E não a culpe por isso, ela se sacrificou para que você fosse o presente e futuro, o namorado e o marido. Mas foi escolha sua ser apenas mais um idiota que conhece ela e joga fora como se a sorte fosse bater à sua porta mais de uma vez. Só lamento por você. Sei que dela tem uma saudade absurda que não cabe no peito e todas as noites é como se o relógio não fizesse sua função de passar as horas, como se o ponteiro estivesse parado naquele horário em que você mandou mensagem para ela e a mesma não chegou. É... ela te bloqueou outra vez.

E o que você pretende fazer a respeito? Acha que buquês de flores entregues no trabalho dela vai apagar o mal que você a fez? Acredita mesmo que hoje ela tem a capacidade de olhar para você com a mesma admiração de quando ela não conseguia enxergar a verdade? Não, não mesmo. Desiste, vai.  Aquele sorriso nunca mais será para você da mesma forma que ela nunca mais derramará nenhuma lágrima, nem vai deixar de viver a vida dela por ninguém. Ela não vai mais ficar esperando você arrumar um tempo na sua agenda... ocupe suas vagas com quem você quiser, mas esqueça dela.

É, eu sei. Complicado esquecê-la, não é?

Pois é, mas dá seu jeito. Lembre-se que a lei do retorno não falha e o que você sente hoje, esse aperto no seu coração é o mesmo que você a fez sentir durante esse um ano que ficaram juntos. Não esquece que as noites em claro que ela teve se parecem com as que você tem hoje. O jogo virou, garoto.

Hoje, na vida dela quem dita as regras, não é mais você.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por ler o post, espero que tenha gostado. Deixe o link do seu blog para retribuir a visita.Venha mais vezes por aqui, vai ser um prazer ter você como leitor(a).

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...


Sonhos na bolsa © 2015-2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Thayná Soares.
Desenvolvido por:
imagem-logo