Image Map

27/04/2018

Eu lamento por você

O que? Você quer que eu me descabele, fique rebelde e em uma noite, bêbada, faça uma tatuagem que logo quando ficar sóbria vou me arrepender, quer que eu puxe assunto nas redes sociais, perguntando como vai sua família ou se você ainda luta com os mesmos monstros internos de antes? Você quer que eu me importe com quem nunca se importou comigo? É meu bem... eu acho que não vai ser assim.

Aqui não tem orgulho derramando do copo, como tem cerveja derramando do seu. Se eu não procuro é porque não faz falta. Não tem quem chora à noite remoendo tudo o que aconteceu. Não me finjo de forte como você, eu sou, essa que você vê é a minha mais pura realidade. E lamento se dói em você ver que eu não sou a menina frágil que imaginou. Te surpreendi, né? Bom saber!

Seria melhor você apagar tudo da sua mente, sabe? Sei bem que qualquer coisa que te falam,por mais que na hora você dê a entender que não ouviu, após, quando fica sozinho, relembra até das pausas na fala da pessoa de quem ouviu o que não queria que tivessem que te dizer. Te conheço um pouco, o suficiente pra saber que os bares te acompanham na luta incessante de tentar se encaixar numa vida que não é a que você queria ter e que não é a vida que insiste em viver. 

Mas aqui pra nós, você nunca vai aprender. Já passou da hora de assumir as rédeas da sua vida e que o você faz a cada dia é apenas deixá-las mais frouxas. Pobre de você. Que até hoje não conseguiu ter liberdade de ser quem é e sentir o que quiser.

Mas eu sigo como sempre, levantando-me de cada tombo que me fazem levar, entendendo que as pessoas tendem a magoar quem apenas veio pra ajudar. Mas esquece. Não apenas tudo o que aconteceu, como também, que foi comigo que você viveu. 

Apaga. Deleta. Excluiu. E me deixa completamente livre pra não ter que ser rude com você, caso venha a interferir em mais alguma parte da minha vida. Esquece tudo, só não esquece que eu não levo desaforo pra casa, mas esquece pro seu bem, pra você conseguir se recuperar, de que essa sempre foi uma parte minha que você mais gostava. Vai ver, tem em mim a coragem que falta em você. Se parar pra pensar bem, será por isso que não consegue seguir em frente?

Se for, mais uma vez, eu lamento por você. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por ler o post, espero que tenha gostado. Deixe o link do seu blog para retribuir a visita.Venha mais vezes por aqui, vai ser um prazer ter você como leitor(a).

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...


Sonhos na bolsa © 2015-2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Thayná Soares.
Desenvolvido por:
imagem-logo