Image Map

03/09/2017

Sobre dar valor ao que você já teve e o que ainda tem



Você nunca sabe quanto tempo ainda tem, mas você sabe mesmo que de forma inconsciente que ele, por mais longo que seja, não será suficiente para você fazer e ser tudo o que quiser. No fim, terá sorrisos que você não deu, abraços que não recebeu, bocas que não beijou e mãos que não pode segurar para afastar o medo que você ou outrem sentiam. E mesmo assim insiste em perdê-lo por orgulho, ganância e burrice... só não consigo entender o porquê fazemos isso se temos a certeza do quão precioso ele é.

                  
Sabe aquela festa que não foi, aquele amor que você virou as costas e aquela pessoa que já se foi? Pois bem, essas coisas nunca mais voltarão, por mais que você permaneça aqui por mais 60 anos, tais, não regressam mais. E será assim com os futuros seres que cruzarem seu caminho, quando ainda houver passos para darem em suas caminhadas a sua, já vai ter terminado e Será então a vez deles te terem como lembrança e, você? Como quer ser lembrado por eles? Ou melhor, você faz por onde para ser lembrado quando não mais aqui estiver?

Tem certeza que ama profundamente cada um que te faz bem? Pode se assegurar de quando não mais suspirar, seu peito se acalmar e seus olhos fecharem, que vai poder partir em paz recordando da vez que disse ter perdoado de verdade? Ou vai se acanhar, por saber que não foi sincero e que não há mais tempo de consertar? 

O que mais faz mal não é se lamentar pelo o que perdeu, mas saber que se ainda o tivesse você não faria nada de diferente do que fez e fazia, continuaria na mesma hipocrisia de antes, pois no fundo, você não imaginava como era não ter mais.

E quando não se tem é que se para e pensa: por que eu não fiz mais? E ai, você sente vontade de abraçar com toda a força, de falar sem pudor e sentir como você quisesse sentir, mas a diferença é que não faz mais diferença... o ruim, é que você não pode mais. É sufocante você olhar as fotos, puxar na memória os últimos momentos e perceber que tudo passou tão rápido diante dos seus olhos que você não pode fazer nada para mudar, mas pelo menos eu sei, que eu fui sincera ao perdoar.

Logo, com o que ainda há tempo de fazer e amar, que assim seja. Antes do fim, comece de verdade. Todos ficaram gratos com a sua atitude, no final de tudo, principalmente você.

Fiquem com Deus e até a próxima!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por ler o post, espero que tenha gostado. Deixe o link do seu blog para retribuir a visita.Venha mais vezes por aqui, vai ser um prazer ter você como leitor(a).

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...


Sonhos na bolsa © 2015-2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Thayná Soares.
Desenvolvido por:
imagem-logo