Image Map

23/04/2016

Cara, eu sinto falta da gargalhada dela



Ela deixou saudades né? Não precisa ter vergonha de admitir, não é o único que consente diante dessa especulação que acabei de fazer. Sei que aquele sorriso dela traz sentido a tudo que acontece e acalma o que de ruim lhe acontecia... ela era paz, certo? Não se preocupa cara! Também estou no mesmo barco, porém você, tem que tomar um cuidado a mais para não se afogar no olhar dela como eu fiz, porque aqui para nós: ela sabe bem o que faz e o que quer.

Sei que sempre fica duvidoso quando toma uma decisão, afinal, ela não está mais aí com você para te mostrar o outro lado da moeda, ela, já não se encontra preocupa com você como antes e isso te corrói por dentro de um jeito que você tem medo de admitir. Como pode aquela baixinha fazer tanto estrago assim? Amigo, até hoje eu tenho vontade de escutar aquela gargalhada linda que ela tinha. É normal ficar anestesiado pelo o efeito que ela tem e considerar o perfume dela como o seu aroma favorito, não é curioso amá-la, é uma consequência que vem junto com ela assim que ela aparece no seu campo de visão e você descobre que seu mundo se resume em uma pessoa só.

Outra coisa, ninguém abraça tão bem como ela. Aquela mulher sabia muito bem como me acalmar e me sentir confiante... ela me fez acreditar em mim e também no amor que ela sentia. Cara, ela me amava de verdade da mesma forma que ela também te amou, mas inconstante e agitada como ela é não conseguiu se manter fixa à um único lugar. Queria ser outro todos os dias para ser o que a agradasse mas tive insucesso, ela gostava de mim como eu era e eu burro tentei mudar. Por mais que negue sei que fez o mesmo e o resultado foi ter que vê-la indo embora da sua vida, um furacão como aquele é difícil conter.

Essa mulher tinha as palavras certas nos momentos mais impróprios e eu amava(e ainda amo) assim como você a forma como ela sorri tímida e beija sem pudor algum. A forma como ela ama e demonstra que você, tem um espaço conquistado na vida dela. Era a melhor coisa vê-la chegando e era sempre tristeza quando ela saia de cena me deixando apenas com o desejo de que no dia seguinte, ela ficasse um pouco mais.

Foi complicado entender que ela -toda louca- só queria alguém que a fizesse parar por um tempo, que a explicasse que para se dar a volta ao mundo não precisa necessariamente fazer isso. Conseguimos fazer tal coisa quando beijamos quem amamos... vai me dizer que nunca sentiu isso com ela? O tal homem precisava ser a calma que faltava nela, e não a agitação que serviria de impulso para que ela voasse para mais longe ainda. Ela é terremoto, eu e você precisávamos ter sido, cada um no seu respectivo tempo, capazes de fazê-la perder a força e a vontade de sempre ir para longe.

Mas não deu certo e ela se foi. E sabe amigo, essa mulher marcou tanto, que na verdade, eu nem sei se quero apagar da minha mente toda essa maravilha que ela foi. Mas que fique bem claro, que não faço isso primeiramente por ser incapaz de esquecê-la, e acho que mesmo que finja que não, você também não consegue fazer isso.

Deixe seu comentário, leitor! Vou amar saber sua opinião.



Fiquem com Deus e até mais!

2 comentários:

  1. Amei o texto ! Principalmente o jeito que você o conduziu .. É aquele tipo de texto que a gente vai lendo, imaginando os personagens e sentindo seus sentimentos. haha
    Enfim, muito bom mesmo !
    Beijos <3
    http://ideias-alternativas1.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poliana, que amor esse seu comentário. Muito obrigada mesmo pela sua visita e pelas palavras.

      Grande beijo!

      Excluir

Obrigada por ler o post, espero que tenha gostado. Deixe o link do seu blog para retribuir a visita.Venha mais vezes por aqui, vai ser um prazer ter você como leitor(a).

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...


Sonhos na bolsa © 2015-2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Thayná Soares.
Desenvolvido por:
imagem-logo