Image Map

20/03/2016

Quem deixa de amar, deixa de fazer poesia


 -Ele foi o meu verso mais bonito, minha poesia mais sem sentido, e meu amor mais impossível. Me fazia sentir como um vulcão que entrava em erupção, simplesmente, ao me tocar. Difícil era dizer o que eu mais amava nele, se era o cabelo, o jeito tímido de sorrir ou se era como ele me trazia uma paz que... ninguém mais conseguia trazer. Eu achava isso maravilhoso, porém acabou toda essa magia quando ele se foi e até hoje, não consegui encontrar alguém que me trouxesse a felicidade novamente. Nem eu mesma consigo fazer isso por mim.

- Temos um problema sério por aqui.

Afirmou a terapeuta que me olhava atenta. Pode estar pensando nesse momento que era exagero da minha parte procurar ajuda médica para esquecer alguém. Mas só ele sabe o quanto de mim levou embora, no mesmo momento em que se foi. E só eu sei que não aguento mais comprar canetas, papéis e chás para conseguir amenizar todo esse sentimento confuso que trago dentro de mim.

- Ainda me sinto ligada à ele e não sei como romper esse laço. Ele ficou no passado, mas eu permaneço achando que não era para ser assim, tínhamos tanto para fazermos juntos, tantos passos para dar rumo a uma mesma direção. Ele tinha tanto de mim e eu não tinha nada dele. Vivemos nessa desproporção todo o tempo que ficamos juntos, e eu jurava que isso não faria mal a ninguém. Se pudesse ter dado uma espiada no futuro, não teria feito metade do que fiz, teria recusado me apaixonar, entregar, praticamente me dar de bandeja para ele.

- Você está querendo me dizer que teria preferido recusar viver?

- Digamos que viver tudo o que vivi com ele, sim! Mas sei que não seria saudável pular etapas e simplesmente nunca ter o conhecido. Apesar de tudo ele me ensinou muito, tanto para o bem quanto para o mal. Se não fosse por ele eu talvez nunca soubesse o que procurar no próximo que eu me apaixonar. Não havia remédio, eu tinha que me decepcionar, se não fosse com ele seria com outro. É a lei dos amores, certo? Alguém tem que te machucar intensamente para que você mais para frente entenda que cicatrizes não combinam com a pessoa maravilhosa que você é. E a partir desse ponto se proponha a procurar alguém que lhe traga flores no verão, sorrisos em meio a uma decepção e um amor forte o suficiente para aquecer o seu coração.

- Você não é um caso sem solução. Só está ferida e precisa de uma reconstrução, seu castelo de areias foi destruído e a frágil princesa descobriu que fraqueza não combina com o amor. Para amar você precisa ser forte o suficiente para vivê-lo, corajoso para enfrentar o que vier e inteligente para perceber quando não dá mais, quando a sua felicidade já não faz o outro feliz.

- Como pode ter tanta certeza disso? A sua faculdade te ensinou tanto assim?

- Não há faculdade melhor do que a faculdade da vida. Se hoje te digo que você não é um caso perdido, é porque me vejo em você e sei exatamente bem o que sente. E outra coisa mocinha: quem deixa de acreditar no amor deixa de fazer poesia. E não haveriam tantas rimas no que diz, se não você não acreditasse mais.

- Mas ele foi...

- Sua poesia sem sentido, eu sei. Mas não deixe de escrever só porque um verso não foi completado. Muitas vezes precisamos de fragmentos e tentativas para construirmos uma história sólida e com sentido. Então, compra mais papel, caneta e chás. E treina a nova poesia, mas treina bem. Porque pode ter alguém por aí que esteja disposto a lê-la e torná-la real... com você.

E você, ainda faz boas poesias?

Deixe seu comentário.



Fiquem com Deus e até mais! 


10 comentários:

  1. Ameii,acho que o amor é forma mais autêntica de poesia,porque ele representa a melhor parte de nós,por isso vemos tantas poesias e músicas românticas por aí,porque é mais fácil escrever quando o amor entra em cena.E apesar dos tropeços,das dores,o Amor continua sendo a arma mais poderosa de uma pessoa e a questão é só achar alguém que saiba ler nossos versos e entender nossas entrelinhas :)
    Ficou muito bom,mesmo :D
    Beijos ^.^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, falou bonito hahaha
      Mas é isso mesmo.O amor sempre será a arma mais poderosa de qualquer pessoa e tudo o que precisamos é de alguém que seja capaz de nos ver além do físico.

      Beijos!

      Excluir
  2. Ai super me identifiquei! Já passei por uma dessas... Mas a gente supera, depois dá pra voltar a escrever, mesmo que com palavras mais gastas hehe
    Adorei, tá super lindo! <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sempre dá para superar, isso mesmo!
      Obrigada pela visita e pelo comentário, flor.

      Beijos!

      Excluir
  3. "Para amar você precisa ser forte o suficiente para vivê-lo, corajoso para enfrentar o que vier". Texto forte. Bonito. Parabéns.
    Dá um pulo na minha página também rs - www.pontoseabismos.wordpress.com
    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada! Fico muito feliz que tenha gostado.
      Pode deixar que vou conhecer seu blog sim.

      Beijos!

      Excluir
  4. Quando eu penso que você não pode melhorar sou surpreendida por esse texto maravilhoso! Parabéns pelo seu talento e sua capacidade de desenvolvê-lo! Cada dia mais orgulhosa de você!

    Me chama de Bella

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bella!

      Ver seus comentários por aqui sempre me alegram. Muito obrigada por todos esse carinho.

      Beijos!

      Excluir
  5. Nossa Thayná, que texto lindo é esse?
    Já passei por isso, e tudo é a vontade do destino, aprendemos demais com os 'erros', e lá na frente esses 'erros' fazem bem.
    Parabéns mesmo pelo texto, é maravilhoso ler algo assim; ♥
    Beijos
    Lost Words

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi!
      Os "erros" sempre ensinam, sempre! Fico muito feliz que você tenha gostado do texto, de verdade.

      Muito obrigada pelo seu comentário.

      Beijos!

      Excluir

Obrigada por ler o post, espero que tenha gostado. Deixe o link do seu blog para retribuir a visita.Venha mais vezes por aqui, vai ser um prazer ter você como leitor(a).

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...


Sonhos na bolsa © 2015-2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Thayná Soares.
Desenvolvido por:
imagem-logo