Image Map

05/03/2016

Isso não foi um conto de fadas... ainda bem


Que o amor venha pra você assim como veio pra mim. Arrastando tudo o que eu planejei, tirando tudo do lugar e não me dando tempo de entender de onde vinha todo esse alvoroço que passaria a morar no meu peito a partir daquele momento. Calma, eu vou me apresentar. Sou Clara e queria mesmo que você entendesse que isso não é um conto de fadas comum, porém é o meu!

Desde que era criança venerei ter um castelo, um príncipe e um amor que fosse para sempre. Ninguém nunca alimentou essas minhas ideias porque queriam que eu vivesse a vida real, mas ela me assustava, então preferia acreditar que cada dia que terminava significava que mais um tijolo havia sido colocado na construção desse tão sonhado castelo. E que meu príncipe estava crescendo assim como eu, e desejando encontrar a sua princesa. Os anos foram passando e eu dei de encontro com um homem de feição séria, roupas largadas e um velho skate na mão. O ignorei e tive pena da pessoa que se apaixonasse por um homem como aquele, tão rude e tão sem brio.

Continuei o encontrando – já que ele morava a duas quadras da minha casa -  eram sempre encontros conturbados, ele ria de mim por desejar e sonhar tanto. Eu ria dele por ser tão jovem e tão desiludido com a vida. Não conseguia entender como tanta amargura morava dentro de um cara que tinha um sorriso, que céus! Era o mais lindo que eu já havia visto. Era absurdo para mim que seus olhos tivessem a capacidade de brilharem tanto, porém segundo depois ele soltava qualquer palavra grosseira e me fazia afastar. Qual era o sentido disso? O que eu estava sentindo? Não conseguia ter raiva ou simplesmente deixá-lo partir. Eu precisava do contato com ele, daquelas mãos envoltas da minha cintura, da respiração. Eu precisava conviver com ele e começar a questionar se o meu tão sonhado príncipe não poderia ter caído do cavalo, e ter vindo em forma de alguém como ele.

Não! Isso era errado. Eu não merecia alguém tão fechado, antipático, sem sentido e com um beijo que... era o melhor que eu já havia experimentado. Que coisa! O que está havendo com esse coração tão seletivo que eu sempre tive, mas que agora não quer procurar por mais ninguém? O que tem nele que tanta falta em mim, que me completa absurdamente bem?  Na primeira vez que ele pegou em minha mão não tive mais vontade de soltar e estava disposta a andar do lado dele com um salto alto, enquanto ele ia por sobre o Skate. Era inegável que era ele o cara que eu sempre esperei, era ele que me fazia ter vontade de acreditar que meu castelo estava sendo construído e que crescia assim como eu – ou nem tanto – já que temos costumes e educações diferentes. Mas ele é o dito cujo que eu imaginei pra mim. Fiquei surpresa ao ver que não me importava com mais nada e que a vida real me presenteou muito melhor do que seria caso fosse um conto de fadas. Saí da minha zona de conforto para me aventurar no mundo dele que era tão lindo, íntimo e especial. Se ele me ama de volta? Sim!

É isso que eu considero o melhor desencontro que a vida poderia ter me dado. Não sei se tivesse seguido pelo caminho encantado haveria encontrado alguém que cuidasse tão bem do meu coração e de mim, uma pessoa que é o oposto do que sou mas que me fez ver que o inverso nem sempre é ruim. Já sabemos o que somos, necessitamos de explorar o desconhecido e procurar mais coisas que nos façam bem, que acrescentem em positivo. Descobri que ele não era rude como eu pensava, mas que era retraído e só conversava com quem valia a pena. Era bom e especial demais para ter suas belas palavras desperdiçadas com quem não as entenderia.

O amor chega pra quem o espera... mas pode esperar que ele vai te surpreender.

E você, já foi ou tem vontade de ser surpreendido pelo amor? Vai, me conta um pouquinho do que pensa... e desejo que tenha tido seu coração embalado por esse texto.

Deixem seus comentários!


Fiquem com Deus e até mais!

8 comentários:

  1. Amei esse trecho: Não conseguia entender como tanta amargura morava dentro de um cara que tinha um sorriso, que céus! Era o mais lindo que eu já havia visto.
    Awn amo sorrisos ! :3

    Tenho muito vontade de encontrar meu Amor, minha outra metade ... Não custa sonhar né verdade?? Já encontrei paixões que parecia sem fim mas sim foi passageira!!

    Amei seu texto!

    www.sempremorenaantenada.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bruna!

      Somos duas apaixonadas por sorrisos haha. Boa sorte na sua procura, ou melhor, boa sorte para nós!

      Grande beijo e obrigada pela visita.

      Excluir
  2. "O amor chega pra quem o espera..." Amei ♥
    Beijos amore!
    contornoperfeito.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Muito bom, parabéns!
    Xoxo
    http://myheartaintabrain.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  4. Thayná! Que texto lindo! Me emocionei aqui...
    Um verdadeiro conto de fadas, mas com as realidades da vida...
    ''Um homem daquele, tão rude e sem brio''...Isso me lembrou alguém que eu tenho em minha vida...Acho que você escreveu sobre ele Thayná! hahaha *-* Ás vezes as pessoas que mais parecem ser difíceis e confusas são as que mais tem capacidade de nos amar...Ás vezes elas só nunca foram amadas verdadeiramente...
    Amei! Linda! Beijinho!
    www.juliajolyblog.com.br
    Tô seguindo o blog, ameeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeei! *-*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Julia!

      Primeiramente: seu blog é lindo demais!! Super, hiper divo!

      Poxa, você tem um homem como o que eu citei na frase? Juro que não escrevi sobre ele haha, mas imagino como deve ser ter uma pessoa assim. Como você disse, realmente as pessoas que parecem ser as mais difíceis são as que mais tem capacidade para amar, talvez não são pessoas difíceis como pensamos, mas pessoas que só se apegam e demonstram o que sentem para pessoas que valem a pena, como eu citei no texto.

      Muito obrigada linda, por seguir o blog. Venha por aqui infinitas vezes *-*

      Beijos!

      Excluir
  5. Não é 'puxando saco', mas eu comecei a sorrir no segundo parágrafo suahusah Acho que me identifiquei muito! Tenho certeza na verdade.
    Eu nunca fui de esperar por paixão, amor, príncipe nem nada, na verdade eu dizia "só quero saber dessas coisas depois que formar, tiver casa, carro blablabla" e eu comecei a perceber que passava muito tempo pensando em alguém que era completamente diferente de mim! Eu toda serelepe, ele sério, eu rio até quando falam 'pudim' perto de mim, e ele... pruft. Eu toda criança, ele de barba e palavras super sérias.
    Ninguém entende essas misturas que a vida faz, mas dão mais certo que aquelas escolhas que fazemos com tanta cautela.

    Respondendo ao texto que tô lendo aqui embaixo V
    Ganhou uma leitora sz

    www.normaldemais.com

    ResponderExcluir

Obrigada por ler o post, espero que tenha gostado. Deixe o link do seu blog para retribuir a visita.Venha mais vezes por aqui, vai ser um prazer ter você como leitor(a).

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...


Sonhos na bolsa © 2015-2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Thayná Soares.
Desenvolvido por:
imagem-logo