Image Map

04/01/2016

Você sabe qual o primeiro passo para o amor?


“Precisamos conversar.”

Foram precisas apenas duas palavras para eu perder o gosto do chocolate que comia, meu estômago revirar, minhas pernas tremerem, meu coração acelerar, minha mente reproduzir todos os erros que eu poderia ter cometido e meu olhos se tornaram frágeis demais para encarar você. Foi preciso apenas um suspiro pesado seu, para eu saber que o assunto era bastante sério e até irremediável.


Você se sentou perto de mim mas eu te senti longe, intocável e também torcendo para que eu não me aproximasse. Eu senti a sua repulsa de mim e isso me doeu mais que um tapa na cara. Decidi largar a falta de coragem e olhar em seus olhos, vacilei. Pensei em começar a chorar, ignorei. Sabia que nenhum ato desesperado da minha parte faria você mudar de ideia, nenhum faria você  se sentar comigo, me beijar, me amar e esquecer essa conversa que eu ando evitando todos os dias. Eu não quero que chegue ao fim,eu não consigo enxergar que deve ser assim. Porém você enxerga o nosso fim. E a sua visão eu não posso embaçar.

- Se eu segurar a sua mão, isso faria você ficar?

- Nenhum ato que venha de você vai mudar a minha decisão. A minha mão você soltou quando eu mais precisei, e nesse momento eu não preciso que você a segure. Preciso que você a solte e me deixe ir. Porque querendo ou não vai ser assim.

Depois dessas palavras te peço desculpas... me desculpa mesmo por ter fraquejado, por não ter conseguido ser forte por mim e te passar a força que precisava... me desculpa por ter sido metade. Não metade de nós. Mas metade de quem eu poderia ser. Não te peço que entenda nem que me dê outra chance, para ser sincera queria te pedir isso sim, mas eu não sou digna de te pedir para esquecer. Eu errei, admito. Mas eu te amei, acredite.

- Vai me deixar em pedaços e não se preocupar com o tempo que vou demorar para juntar?

- Eu não vou te deixar em pedaços. Você sempre foi completa, tão completa que a minha presença nunca te acrescentou em nada. Não precisa chorar, a hora para fazer isso não é agora. Se quisesse demonstrar que me amava, fizesse isso antes, nesse momento isso não surti efeito algum.

Suas palavras me ensinam que eu devo ser mais intensa nas coisas que eu fizer. Não soube te amar, não soube fazer com que você se sentisse amado. Na maioria dos casos ambas as partes erram, mas no nosso caso, uma unanimidade posso dizer... eu fui a única que falhei. Lembro bem das vezes que me ligou de madrugada para “tentar de novo” e o “tu tu tu tu” do meu telefone era a única coisa que você escutava como resposta. Você me amou, eu reneguei. Hoje eu te peço para ficar, você diz que eu pirei.

- Você não vai voltar atrás?

- Me pedisse isso a algumas horas atrás e eu abandonaria qualquer ideia de ir embora só para acatar aos seus desejos. Mas no momento estou ocupado demais pensando na minha felicidade para escutar o que você deseja.

Encerrou o assunto, pôs um ponto final no romance e se foi. Mas antes me disse uma coisa:

- Você precisa aprender a amar!

Nunca fui de escutar bem as coisas que você disse e nem levar em consideração, mas dessa vez vendo que eu não vou ter mais as suas frases, eu decidi escutar e refletir. Já sei bem de que tipo de amor você diz que eu preciso aprender. O amor próprio! Para sim algum dia ser capaz de amar alguém.

“ Sendo assim eu me amei.”

Ao falar essa frase eu senti o gosto do chocolate novamente, minhas pernas não tremeram mais, meu coração voltou a bater normal e meu olhos já eram fortes o suficiente para encarar qualquer rosto ou paisagem. Porque:

"A única certeza de amor que eu tenho é que se você não ama a si mesmo nunca será capaz de amar alguém... não verdadeiramente.”

Então hoje, me faça um favor... ame a si mesmo. Não só hoje mas sempre! Porém o primeiro passo pra o amor é amar quem você é, e esse passo tem que ser dado agora, nesse momento.

  Você também já teve ou tem o prazer de sentir a força do amor próprio? 

Comenta o que achou do texto e deixe sua opinião sobre o assunto.

Fiquem com Deus, até mais!

Sigam no insta: @sonhosnabolsa

18 comentários:

  1. Nossa, amei o texto, você que escreve Thayná? Incrível, e totalmente verdade, se não amarmos primeiro nós mesmos, nunca seremos capazes de amar outra pessoa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Edilene!
      Sim sou eu que escrevo, tudo o que é postado aqui no blog são de minha autoria, as frase, tudinho.
      Fico feliz que tenha gostado e compreendido a mensagem que eu queria passar.
      Um grande Beijo!

      Excluir
  2. ''Eu não vou te deixar em pedaços. Você sempre foi completa, tão completa que a minha presença nunca te acrescentou em nada'' Melhor frase me identifiquei muito ! Boa escrita parabéns!
    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jade!
      Essa frase foi bem forte né? Na hora que estava escrevendo também pensei nisso.
      Muito obrigada pela visita.
      Beijos!

      Excluir
  3. Miga, para, para, para.
    Você me fez chorar desde a primeira palavra até a última. O seu texto é simplesmente incrível! Você tem um dom inacreditável! Eu estou encantada e não falo isso só porque sou sua amiga. Falo isso porque é verdade.
    Já até sei por que me mandou esse texto. E eu te agradeço tanto por isso! Ai amiga, acho que tá na hora de deixar tudo de lado. Tudo aquilo que me impede de ser feliz, ser eu mesma e de me aceitar como eu realmente sou.
    Obrigada! Você me fez sorrir! ❤️

    http://makingcolorfilm.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Emy!
      Mulher, que comentário mais cheio de amor é esse? É ótimo ler essas suas palavras e ver a sua opinião sobre o que eu faço.
      Você sabe que está na hora de ser você! Agora, vai ser feliz, vai!
      Um grande beijo!

      Excluir
  4. Parabéns pelo blog, tudo muito lindo! Amei o texto. Espero que você tenha muito sucesso. Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Renata!
      Muito obrigada, desejo tudo de bom para você também.
      Um grande beijo!

      Excluir
  5. Mulheeer, primeiramente palmas para esse seu texto!! Bom, esse é o retrato de muitos términos de relacionamentos hoje em dia. Quem não sabe se amar, não vai saber amar outra pessoa. É certo que as pessoas tem modos de amar diferentes e muitas vezes por um não entender a linguagem do outro as crises acabam acontecendo. Mas, em outros casos como é o que você mostrou no texto as pessoas não sabem valorizar quem está do seu lado, e só conseguem perceber isso quando infelizmente não há mais tempo! Bom,amei seu blog!!

    blogilumiinar.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Joana!
      Mulheeeer, obrigada!! hahaha
      Verdade, temos que saber valorizar as pessoas que nos cercam, porque depois não tem mais jeito.
      Obrigada pela visita.
      Um grande beijo!

      Excluir
  6. Menina me encantei com o seu texto.
    Mais que perfeito!!!
    Quero ter lido esse texto há alguns meses atrás. Amor próprio antes de qualquer outro tipo de amor é mais que essencial.
    Parabéns!!!
    Beijos da sua mais nova seguidora no blog. É tão bom encontrar blogs que tenham bom conteúdo.

    www.meumundosecreto.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Vanessa!
      Obrigadaaa*-*
      Fico tão feliz, mais tão feliz, de ler isso. Continua vinda aqui, hein? haha
      Beijos!

      Excluir
  7. Que conto mais lindo!!!
    Fico toda tocada quando leio essas coisas de fim de um relacionamento, mas no fim eu entendi todo o propósito e concordo com tudo isso. Eu sempre levo comigo de que se não houver amor próprio, uma pessoa nunca será capaz de amar a outra. Parece bobo, mas é muito importante.
    Feliz 2016 pra você, linda!!! Que esse ano seja maravilhosooooooo!

    Com amor,
    Steph • http://naoeberlim.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Stephanie!
      Muito obrigada pelo elogio e agradeço por ter entendido a mensagem. O amor próprio é a base para qualquer outro tipo de amor. E vou ter que concordar com você, parece bobo mas é importante, aí que tá! Tudo o que parece bobo no fim tem uma importância enorme.
      Feliz ano para você também! Que seja ótimo para todos nós.
      Beijos!

      Excluir
  8. Foi você que escreveu? Que texto mais lindo, um dos melhores que eu já li!!
    Você tem talento, eu to encantada na forma de como você escreveu.
    Parabéns!!
    http://o-bserva-dora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Amanda!
      Fui eu que escrevi sim, obrigada pelo elogio. Me faz feliz saber que você gostou tanto.
      Beijos!

      Excluir
  9. Adorei o texto , Vc que escreve ? tens mt talento , irás longe guria .
    me identifiquei com algumas frases q vc citou .

    Me visita ?
    www.MirellysEspinelli.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Miah!
      Fico feliz demais que tenha gostado e obrigada pelo comentário.
      Me sinto bem sabendo que gostou do que eu escrevo.
      Beijos!

      Excluir

Obrigada por ler o post, espero que tenha gostado. Deixe o link do seu blog para retribuir a visita.Venha mais vezes por aqui, vai ser um prazer ter você como leitor(a).

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...


Sonhos na bolsa © 2015-2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Thayná Soares.
Desenvolvido por:
imagem-logo