Image Map

30/01/2016

O momento em que eu disse não!


Mereço aplausos irônicos por ter tomado essa decisão. Não podia ter sido pior. Me antecipei, quis ser livre e logo vi que ser livre de você era o que eu menos queria. Você não me sufocava, você me fazia bem. Agora porque motivo eu te deixei ir, isso eu não sei. Queria eu ter as respostas para acalmar meu coração e tentar achar uma causa lógica do que eu fiz, mas para o meu castigo – talvez eterno- eu não consigo encontrar.

Me reviro por completo e ao invés de em algum ponto da minha cabeça eu encontrar a solução, só encontro mais bagunças e dúvidas.  Sei que vacilei feio com você! Não quero me redimir do que eu fiz, mas digamos que eu precisaria te pedir desculpas em público por ter sido tão insciente das coisas que eu dizia naquele momento. Juro que não estava bêbada, era eu mesma ali, sóbria e com minhas asneiras.

Nem posso culpar alguém por ter manipulado minha decisão, todos diziam o contrário do que eu fiz. Já não sei se estou fora de perigo de cometer esse erro com outro, mas preciso dosar o que eu penso e pensar no que eu falo. Se continuar desse jeito, serei eu com 90 anos e 27 gatos. Sem você eu já estou, mas não quero ficar sozinha para sempre por ser tão impulsiva, esquecer que os outros tem um coração  e que nem sempre terão paciência e vontade de escutar e aceitar as minha desculpas. Você é impaciente com isso, por isso que eu estou desabafando a raiva interna que eu estou por ter perdido você.

Naquele dia você veio a minha casa e já tinha combinado com meus pais e amigos como tudo ia ser. Foi só eu chegar que segundo você seu coração parecia bater no ritmo da escola de samba. E foi só eu abrir a boca para ele parar de bater por alguns segundos. Me desculpa, vai. Não precisa voltar comigo, só me diz que me desculpa. Um cara tão maravilhoso como você só a burra aqui mesmo para perder.

Nem tem como apagar da minha mente o momento em que você queria ouvir um sim, vindo de mim e eu te disse não. Hoje, me arrependo amargamente por não ter conseguido te amar como você merecia e só agora perceber que eu te amo mais do que eu queria. Mas essas maluquices são partes de mim e graças a elas eu deixei escapar a minha chance de ser parte de você.

O momento em que eu disse não vai ficar gravado pra sempre na minha mente e anseio de coração que você consiga o esquecer. Continua em frente que eu vou tentar fazer o mesmo. E enxergar que se não tenho você foi uma coisa que aconteceu por culpa unicamente minha e de mais ninguém.

Deixem seus comentários, por favor.


Fiquem com Deus e até mais

14 comentários:

  1. Ual, basicamente narrou meu único namoro não-namoro...
    Senti exatamente isso, de a culpada ser eu por não conseguir amar Alguém que merecia, e muito. Mas fazer o que, era meu melhor amigo e eu era muito separatista nesses conceitos; amor, amor e amizade, amizade.
    Se bem que a culpa passou quando vi que não posso ser culpada pro não amar, seria culpada se me forçasse a isso.
    Gostei do texto, muito bom.

    Blog Riscoculto

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sarah!
      Fiquei lendo seu comentário e percebi que esse sentimento passou por diversas fases. A de ver que não amou quem merecia mas depois viu que não poderia se obrigar a isso. Respeitou seus sentimentos e a si mesma. É isso aí!
      Obrigada pela visita.
      Beijos!

      Excluir
  2. Poxa vida, que triste :(
    Nem sei o que dizer, mas existem coisas na vida que serve como lição e acredito que Deus sempre tem o melhor pra nós. Quando achamos que algo deu errado, Deus coloca a mão e tudo se concerta.
    E a única coisa para dizer é, desejar que Deus conforte os corações <3
    Você escreve muito bem, parabéns.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi!
      Sempre acredito nisso também, até porque é uma verdade. Deus sempre faz o melhor para nós.
      Obrigada pela visita e pelo comentário.
      Beijos!

      Excluir
  3. Sou do tipo super romântica e apaixonada e esse tipo de história me parte o coração Clareando Ideias

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Clara!
      Esse tipo de coisa parte o coração de todo mundo...
      Obrigada pela visita e comentário.
      Beijos!

      Excluir
  4. Aí, amiga!!!! Sei nem o que dizer, viu. Deu uma leve embrulhada no estômago!

    Me chama de Bella

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bella!
      Amiga, não foi só em você que causou essa reação hahaha. Esse texto é mesmo bem tristinho.
      Beijos!

      Excluir
  5. Que lindo seu texto! Infelizmente essas coisas podem acontecer, mas não podemos nos abalar e temos que ter em mente que algo melhor está por vir <3
    xoxo

    Quinze Desejos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jaque!
      Muito obrigada. Sempre coisas melhores estão por vir, só basta acreditar.
      Beijos!

      Excluir
  6. Uau, que texto!! Não consegui não chorar enquanto lia. Você escreve muito bem, parabéns!

    ResponderExcluir
  7. Que maravilhoso esse post meu DEUS!!Parabéns 💕💕

    maysehelena.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Obrigada por ler o post, espero que tenha gostado. Deixe o link do seu blog para retribuir a visita.Venha mais vezes por aqui, vai ser um prazer ter você como leitor(a).

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...


Sonhos na bolsa © 2015-2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Thayná Soares.
Desenvolvido por:
imagem-logo