Image Map

17/12/2015

O que era amor



Não está dando certo.

Você parece não enxergar a gravidade da situação e o buraco que estamos nos jogando, escondendo, fingindo que tudo continua como era antes. Está cômodo para você, mas extremamente incômodo pra mim, você tem quem te ame, te apoie, que fique com você nos bons e maus momentos, que sempre te entende e se cala pra evitar uma briga e sempre pede desculpa mesmo que seja você o que devesse fazer isso. Enquanto isso, eu, tenho alguém que me beija mas que é um beijo vazio, que me abraça sem afeto, que sempre tem coisas pra fazer quando eu peço ajuda e que sempre ignora os meus planos e sonhos, dizendo que eles estão longe demais. Não acho que esteja sendo justo comigo essa desigualdade de sentimentos onde você, parece pouco se importar com o fato de estar me amando pela metade.

Não preciso que você desacredite em mim, já existem pessoas prontas para fazer isso, precisava encontrar em você um apoio e um amor, que me fosse dado sem eu precisar ficar lembrando a todo momento que eu sou merecedora dele. Quando você me apresentou para seus amigos eu pensei que fosse porque seria sério e verdadeiro, li em revistas que é isso que o homem faz quando quer um relacionamento com alguém, ele não esconde, ele demonstra. Mas até a página um, dos livros de relacionamentos você fez certo, só que depois escreveu coisas contraditórias, que eu fiz questão de ignorar por ter todo esse amor dentro de mim.

Eu passei noites em claro, pensando, imaginando uma forma de fazer você se mostrar mais presente, em nossas conversas eu sempre “jogava pontos” e você sempre ignorava, sabia bem o que eu queria e sabia bem que não estava disposto a me dar. Sinceramente, eu não queria que você vivesse por mim, não era isso, eu queria que no meio da sua vida você reservasse um espaço pra minha vida poder fazer parte da sua. Acrescentar,entende? Nunca quis te mudar e se te mudasse não faria sentido pra mim. Porque posso ver que diferente de você, eu não tenho um pingo de vergonha de quem você é.

Entendi que acabou, quando eu deixei que você tomasse conta de cada atitude minha e cada uma delas fossem direcionadas as suas regras, não as minhas. Passei por cima de mim mesma para ficar com você, e hoje com muita dor no coração e orgulho eu te digo que eu não estou mais disposta a fazer isso. Achei por muitos anos que minha vida não faria sentido se não tivesse você, mas me enganei muito. A minha vida deixa de fazer sentido se eu não for eu mesma, se por algum motivo eu perder a minha identidade, e sendo assim concluí que ficando com você eu estava deixando de ter a minha vida. Já que é egoísta ao ponto de não pensar um pouquinho em mim, vou agir assim também e não vou pensar mais em você. O que era amor, hoje já não é mais e eu não vou ficar presa a uma história do passado que já fez muito sentido, mas que hoje não tem futuro algum. Vou ser mais egoísta e amar mais a mim... do que você.

Se você que leu esse texto se sentiu tocado de alguma forma, comente aí em baixo.  
E eu como sempre te deixo uma pergunta: já descobriu que era amor porém hoje não é mais? 

Sua opinião é importante, então não vai embora sem me dizer o que achou.

Siga: Instagram

Um grande beijo, fiquem com Deus e até mais!

16 comentários:

  1. Thayná, que lindo isso! Li em um momento que me encontro bem confusa, me questionando sobre essas coisas, estava pensando até que poderia ser cansaço, mas já nem sei. O ideal seria tirar um tempo pra mim e respirar, pensar melhor sobre minha vida e relacionamento. Adorei seu blog, estarei de acompanhando!

    Beijos, Fran.
    www.delirioscotidianos.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Fran!
      Já pensou que pode ser sim cansaço, porém cansaço emocional? Se você estiver se desgastando em alguma situação no relacionamento isso pode acontecer. Tire um tempo pra você, para pensar.
      Obrigada pela visita.
      Beijos!

      Excluir
  2. Olá Thayná!
    Que texto lindo! Pude sentir os sentimentos pelas suas palavras. Me questiono bastante sobre o amor e até sou dura em alguns casos e mole em outros haha Adorei!
    Beijos, Garota Vermelha
    livrosdagarotavermelha.wordpress.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Nathália!
      Acho que todo mundo é assim né? Um eterno questionador do amor.
      Muito obrigada pela visita.
      Beijos!

      Excluir
  3. Sim, o texto me tocou e muito. E sim, já achei que tinha amado uma pessoa até de fato descobrir o que era o amor com outra pessoa. Obrigado pela sua visita, espero que tenha ajudado na dúvida com o creme facial da AVON. Mega beijo.
    blogueirasara.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sara!
      Ainda bem que você descobriu a tempo e foi ser feliz. Me ajudou muito sim, obrigada hahaha.
      Beijos!

      Excluir
  4. Oi, Thayná! Acho que todas nós já tivemos um momento assim na vida né? Muito ruim quando você se doa pra uma pessoa e essa pessoa não tá nem aí pra você. Amor unilateral é ruim demais. Às vezes a gente embarca numa sozinha história que não vai pra frente... Penso que o essencial é saber que se amar é o mais importante pra também estar aberto a encontrar alguém que vai embarcar numa história com a gente.

    Beijão
    Heey, Maria! | Fanpage

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ray!
      Também acho que o importante é saber se amar, e estar aberto a encontrar alguém que valha a pena. Depositar menos amor, em quem não sabe amar de volta.
      Muito obrigada pela visita.
      Beijos!

      Excluir
  5. Amores mudam, existem vários tipos de amor e as vezes a gente descobre que o que antes era AMOR com paixão e tal, hoje é só amizade.

    Um cheiro, lindona!
    www.vinteetantos.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi!
      Nós temos a mania de confundir algumas vezes, uma simples paixão com algo a mais.É complicado quando isso acontece.
      Obrigada pela visita.
      Beijos!

      Excluir
  6. Oi Thayná!
    Que texto tocante! Acho incrível como algumas pessoas conseguem se expressar através da escrita, e você fez isso muito bem. Parabéns por esse talento!

    Bjos
    http://helendutra.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Helen!
      Fico muito feliz por saber que você gostou do que eu escrevi. Obrigada pelos elogios e pela visita.
      Beijos!

      Excluir
  7. Esse texto é incrível de uma delicadeza maravilhosa, me identifiquei bastante, tenho que ser mais egoísta também! Parabéns seu texto é maravilhoso. Tbm tenho um blog nele eu falo um pouco sobre relacionamento. Sinta-se a vontade para me visita no Garota Radiante: www.garotaradiante26.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Renisiane!
      O egoísmo faz bem quando passamos a amar alguém mais que nós mesmos. Muito obrigada e fico feliz que tenha gostado.
      Beijos!

      Excluir
  8. "E tudo era para sempre, sem saber, que o 'para sempre' sempre acaba"... Não é? A cada caída nos fortalecemos. Ja pedi a Deus para não me fortalecer com tanta porrada rs,mas deve ser que eu ainda não tenha aprendido o suficiente de ser forte. Dói, mas a cada queda, e em especial após cada levantada após a queda nos deixa mais fortes. E a vida continua independente dos tombos e tropeços.
    Linda, como sempre deslumbrante sua escrita e expressão de sentimentos.
    A nova roupagem do blog também está maravilhosa! Parabéns e sucesso cada dia mais!!!

    Beeeijos!!!
    www.kerlsfreire.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi!
      Sempre temos que usar a dor ou a queda como você disse com o único intuito de crescer e amadurecer. Experiência nunca é demais.
      Fico muito feliz que tenha gostado do que eu escrevi e por ter gostado da nova carinha do blog.
      Sucesso para nós!
      Beijos!

      Excluir

Obrigada por ler o post, espero que tenha gostado. Deixe o link do seu blog para retribuir a visita.Venha mais vezes por aqui, vai ser um prazer ter você como leitor(a).

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...


Sonhos na bolsa © 2015-2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Thayná Soares.
Desenvolvido por:
imagem-logo